SMVC

 

O Santa Maria Vídeo e Cinema é um evento tradicional e consolidado no calendário cinematográfico brasileiro. Desde 2002, por suas atividades passaram nomes como João Moreira Salles, Carlos Reichenbach, Giba Assis Brasil, Lucélia Santos, Paulo Nascimento, Silvio Tendler, Jorge Furtado, Antonio Claudino de Jesus, Flávio Bauraqui, Sergio Assis Brasil, Carlos Gerbase, Tabajara Ruas, Zeca Brito, Leonardo Machado, Sirmar Antunes, Adriana Nascimento Borba,  Juan Zapata, Guilherme Castro e Manuela do Monte, entre muitos outros cineastas, atores, atrizes, cineclubistas e apaixonados pelo cinema. O festival foi pioneiro em diversas áreas e tem, entre as suas atividades mais destacadas, as mostras competitivas de curtas (nacional e de Santa Maria e região) e as exibições de longas-metragens convidados.
 
Em 2021, o SMVC chega à sua 14ª edição, que ocorrerá de 14 a 18 de setembro, infelizmente sem a sua principal característica: a relação com o espaço público, materializada nas exibições na praça Saldanha Marinho, localizada no coração da cidade.
 
Devido à pandemia que ainda faz nosso país e o mundo sofrerem, as atividades serão todas online e representarão, ao mesmo tempo, a reafirmação da cultura como trincheira de defesa da democracia e da liberdade de expressão e homenagens às mais de 570 mil vítimas (número do final da segunda quinzena de agosto) da covid-19 e da negligência genocida.
 
Na edição online de 2021 as atividades serão estruturadas em torno do tema “Lembro, logo existe”, uma reflexão sobre o papel do audiovisual na preservação, no resgate e no debate sobre a memória na sociedade brasileira.